Não importa em que setor a sua empresa atua ou qual é o tamanho do seu negócio. Qualquer empresa que tem perspectivas de crescer e que tem este ganho de musculatura como meta vai, um dia, pensar em adquirir um sistema ERP. Estes sistemas de apoio à gestão empresarial têm sido cada vez mais fundamentais para as estratégias de crescimento das companhias.

Se você já procurou por uma solução destas, você sabe que existem muitos sistemas ERP no mercado. E então surge uma dúvida salutar: quais pontos eu devo analisar na hora de escolher um fornecedor de sistema ERP no mercado? Ou, visto de outra forma, quais são as características mais importantes nos sistemas ERP? É sobre isso que vamos falar aqui.

Pontos importantes que devem ser analisados nos sistemas ERP do mercado

A concorrência entre os fornecedores de sistemas ERP é grande e muito diversa. Existem grandes players com abrangência global e operações em diversos países, players nacionais e outros que tem uma absorção apenas regional ou local. Tão variado quanto o perfil dos fornecedores é o tipo de solução que eles apresentam.

Mas o que realmente é importante você observar ao escolher uma opção entre os sistemas ERP disponíveis atualmente? Independente do porte da sua empresa e da sua área de atuação, algumas “dores” (problemas) são comuns entre todas as companhias que buscam apoio em um sistema de gestão. Confira, abaixo, os pontos que a sua empresa deveria analisar na hora de escolher um fornecedor de sistema ERP:

1) Tecnologia moderna: o fornecedor do sistema ERP deve trabalhar com uma tecnologia moderna e alinhada com o que está sendo utilizado pelo mercado atualmente. Entre os sistemas ERP disponíveis, nem todos trabalham com banco de dados de mercado, por exemplo – estes sistemas estão indo na contramão da maioria do mercado utilizando armazenamento de informações dentro da própria aplicação. Mas esta é uma tecnologia importante para a integração dos sistemas e um ponto que você deveria valorizar na tecnologia de um fornecedor. Em relação aos bancos de dados, dê preferência para um fornecedor que trabalhe com o padrão Oracle ou SQL, que são seguros, muito conhecidos e predominantes no mercado.

2) Facilidade de uso: confira o quanto o sistema ERP que você está avaliando é amigável com o usuário. Isso fará toda a diferença não apenas para a adoção do sistema dentro da sua empresa mas também com o gasto que você terá em implantá-lo. Isso porque sistemas mais complexos vão exigir um volume de horas de customização e treinamento maiores. Um sistema mais simples, que tenha a sua usabilidade evidente, torna o período de implantação e customização menor porque exige menos horas de consultoria e treinamento.

3) Abrangência da solução: alguns dos fornecedores de sistemas ERP do mercado apresentam apenas alguns dos sistemas necessários para a gestão de uma empresa. Há quem forneça, por exemplo, apenas um sistema de contabilidade e um sistema financeiro. Neste caso, uma empresa que contratar este fornecedor terá que procurar no mercado uma outra companhia que forneça um sistema fiscal e terá que pagar horas de desenvolvimento para que estes três sistemas conversem entre si e sejam integrados. Mas existem soluções no mercado que são mais abrangentes e completas e que economizam estas horas de integração de diferentes fornecedores em um sistema de ERP completo.

4) Confiabilidade do sistema: tão ou mais importante que ter um sistema completo e fácil de usar é saber que ele é confiável. Ou seja, que ele vai funcionar sem travar ou sem apresentar erros de processamento de informações ou na integração de diferentes processos e áreas da sua empresa. Por isso se faz necessário verificar como o sistema é atualizado, qual a periodicidade de atualização (diário, semanal e/ou mensal) e, principalmente, pesquisar com outras empresas que já implantaram o sistema como é o comportamento do software no tocante ao seu funcionamento e desempenho.

5) Preveja as questões tributária e fiscal: muitos sistemas ERP internacionais não integram em suas soluções os requisitos legais da complexa legislação tributária e fiscal brasileira. Este é um ponto fundamental para a sua empresa. Procure uma solução que tenha a parte tributária e fiscal integrada, ou seja, que seja capaz de calcular os impostos devidos por sua companhia e que garanta que todas as obrigações acessórias sejam entregues para o governo. Se o sistema ERP apresentar estas vantagens, a sua empresa vai ganhar em eficiência e em qualidade de gestão.

6) Preço justo e viável: diferentes fornecedores de sistemas ERP praticam distintas precificações e formas de trabalhar com esta tecnologia. Pense que um sistema ERP é como a carcaça de um carro. Você é que decide o tipo de motor, de acessórios e cada um dos elementos que podem ser colocados dentro desta carcaça. Muitos fornecedores de sistemas ERP vendem esta carcaça e, depois, cobram por cada módulo que será customizado para a sua empresa. Cada hora de customização e de implantação deste processo que será longo pode custar até R$ 250. Mas existem soluções no mercado que apresentam estes módulos já padronizados com as melhores práticas e que cobram apenas pelo uso do sistema através de SaaS – Software as a Service. Também é importante, neste quesito, você avaliar se o sistema ERP permite a implementação de soluções próprias para a sua empresa ou se você precisará pagar por horas de trabalho de um técnico do fornecedor – o que vai encarecer ainda mais o projeto.

ERP Dressler: um sistema completo e que segue as melhores práticas do mercado

Depois de apresentar para você todos os pontos de atenção que a sua empresa deveria avaliar na hora de escolher um fornecedor entre os que oferecem sistemas ERP no mercado, precisamos comentar que o sistema ERP Dressler atende a todos estes critérios.

O ERP Dressler pode usar qualquer banco de dados do mercado, mas o sistema costuma utilizar o padrão SQL, que tem um ótimo custo-benefício. Como a Dressler é uma empresa de contabilidade que, com o tempo, foi ampliando o portfólio de serviços oferecidos pelos seus clientes, o ERP Dressler já prevê toda a questão tributária e fiscal brasileira.

O sistema ERP Dressler também é bastante intuitivo e fácil de usar. Isso faz com que os funcionários da sua empresa tenham que passar por poucas horas de treinamento. Com isso, a sua empresa economiza nestas horas e também garante o retorno mais rápido dos colaboradores para as suas atividades costumeiras.

Os clientes que utilizam a solução da Dressler também testemunham a confiabilidade do ERP fornecido. O sistema, que pode ser adaptado para as diferentes necessidades da companhia integra diferentes processos de forma segura e sem travar ou apresentar erros.

O sistema fornecido pela Dressler também se diferencia por ser completo. Dependendo da necessidade da sua empresa, o ERP Dressler pode abarcar módulos com as melhores práticas do mercado nas principais áreas e processos de uma empresa: desde a área de suprimentos, passando pela área de estoques, a de entrada de documentos eletrônicos, a área fiscal, de contas a pagar, contas a receber, tesouraria, faturamento, emissão de notas fiscais, movimentação e transmissão de dados bancários, entre outras.

Dependendo da necessidade da sua empresa, você também pode adicionar módulos ao sistema ERP Dressler, integrando, entre outras áreas e processos, o controle de produção, os dispositivos eletrônicos de suas máquinas, a logística, o WHMS, o gerenciamento de armazenamento, entre outros. A equipe da Dressler é qualificada e capaz de desenvolver módulos para atender a qualquer processo que a sua empresa tiver e que já não estiver contemplado no ERP Dressler.

E tão importante ou mais que tudo isso, o ERP Dressler já apresenta módulos para as principais necessidades da sua empresa sem que você tenha que pagar pela customização deles. Estes módulos foram construídos e são atualizados constantemente com as melhores práticas do mercado e com todos os processos certificados com o ISO 9001:2015.

Com a solução da Dressler a sua empresa também vai pagar um preço justo porque o ERP Dressler é fornecido em formato SaaS (software como serviço). Desta forma, a sua empresa não precisa comprar uma licença ou pagar por atualizações. Ao contratar um dos serviços da Dressler, o sistema ERP já vem embarcado. Assim, a sua empresa paga mensalmente pelo serviço fornecido sem qualquer gasto adicional.

Experimente! Contate agora nossos consultores.

 

cta_blog_esocial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *